Redes Sociais como estratégia de crescimento de Mercado

Vivemos em um mundo conectado. Onde estivermos, sempre haverá alguém ao seu lado com um smartphone nas mãos acessando alguma rede social. O crescimento do número de usuários nestes serviços aumenta no Brasil e ao redor do mundo a cada dia, da mesma forma que cresce o número de vendas de smartphones e tablets.

Nomes como Facebook e Twitter podem até ser recentes para alguns, mas para todos nós são nomes que vieram para ficar e se consolidam diariamente. Criou-se através delas um hábito constante de compartilhar o nosso dia a dia, o que fizemos ou deixamos de fazer, onde estamos, para onde iremos e o que desejamos a curto, médio e longo prazo.

Redes Sociais e o Público-Alvo

Pessoas que curtem ou seguem determinada marca ou empresa, podem ser classificadas, dentro das regras do marketing, como o que chamamos de “público-alvo”, que são aqueles que simpatizam com seu produto, marca ou empresa. São clientes ativos ou clientes em potencial desta marca. É isto que muitas empresas deixam passar, não utilizando as redes sociais como ferramenta de marketing.

Com ações bem planejadas, é possível, pelas redes sociais, executar promoções de vendas, ações para propaganda e divulgação e atingir seu público-alvo através de poucos cliques. As empresas podem ter também em suas mãos uma poderosa ferramenta de comunicação com seus clientes, entendendo o que eles pensam e desejam, e através deste, oferecer exatamente aquilo que o seu público-alvo deseja.

Não deixaremos de usar, como ferramenta de marketing e vendas, os tradicionais formatos de televendas, mala direta e veiculação em mídias como televisão, jornal e revistas, mas as redes sociais estão aí, crescendo, captando e conquistando novos adeptos a cada dia. E é para este cenário atual que as empresas devem olhar, se transformar, e até mesmo se reinventar para poder crescer e se destacar em um mercado cada vez mais competitivo e dinâmico.