Facebook e suas novas apps

A InfoExame publicou na semana passada que o Facebook atualizou suas apps para tablets e smartphones com iOS e AndroidPara iOS a aplicação ficou 2x mais rápida. Em termos práticos, na minha opinião, ficou com “velocidade normal”. No sistema Android, que eu utilizo, a app além de lenta, ocupa muito espaço de armazenamento. Amigos que utilizam iPhone reclamam do mesmo problema de velocidade. Usuários do Windows Phone também. Em casos extremos, alguns conhecidos preferem acessar via a rede social via Facebook Mobile.

A verdade é que todas as mudanças no Facebook agora visam LUCRO. Depois da abertura de capital, a injeção de bilhões de dólares e a queda de 50% do valor das ações, o sr. Mark e sua turma está preocupada e focada em como converter o status de maior rede social do mundo em rentabilidade. Para o próprio Facebook, para os investidores e para os anunciantes. Em termos de vendas, a base de clientes do Zuckerberg é enorme e não tem como negar isto, o problema é que a estratégia de Marketing para converter isto em números reais ainda não foi plenamente vislumbrada.

Em um de meus primeiros textos aqui, falando sobre Orkut, Facebook e Redes Sociais, eu já questionava qual seria o futuro do Facebook. Pelo menos aqui no Brasil ele vai bem, obrigado. Mundialmente falando, também vai bem. Continuará na sua posição de líder por um bom tempo ainda mas a pressão por lucro de seus investidores deverá aumentar a cada dia.