Vários Smartphones

Anatel e Teleoperadoras irão bloquear celulares piratas

Em 2013, os telefones piratas, mais conhecidos com “xing-lings”, que chegam no Brasil por meios obscuros e são comercializados sem a homologação da Anatel, não serão mais aceitos nas redes das operadores móveis.

A Anatel e as operadores de telefonia móvel estão desenvolvendo  um sistema que, através do IMEI (o código de identificação de cada aparelho), permite saber se o dispositivo foi homologado ou não. A verificação será feita no momento em que o usuário insere o chip (SimCard) no aparelho. Se o mesmo não foi homologado pela ANATEL, o mesmo não irá conectar na rede e o usuário será encaminhado para um atendimento especial da prestadora, onde será informado que o aparelho não poderá ser utilizado e orientado a procurar um produto homologado.

A medida funcionará, inicialmente, para novas habilitações e a expectativa é de que os atuais celulares sem homologação, que já estão em uso, sejam trocados naturalmente pelos usuários.

Isto já acontece hoje na tecnologia IDEN, que é utilizada pela Nextel e é bem eficiente. Este tipo de controle trará benefícios para os usuários e para a industrial nacional, além de possibilitar mensurar o tamanho do mercado nacional de celulares, já que apenas telefones certificados poderão ser utilizados.

Como benefícios, teremos aparelhos certificados e homologados, o que auxilia, e muito, no suporte técnico, assistência e manutenção. Resta aguardar isto entrar em vigor e checar como será esta limitação na prática.