Segurança e E-mails Blindados

Após documentos vazados pelo ex-técnico da CIA Edward Snowden, onde fala que Dilma Rousseff e alguns ministro, sofreram ataque de monitoramento por parte do nosso Tio SAM,  novamente mostra que os Estados Unidos estão de olho em todos os países do mundo. Isso realmente causou um mau estar entre os presidentes do Brasil e do Estados Unidos mas sabemos que vai acabar em pizza, porque o Brasil não tem pulsoo firme. Hoje tive a oportunidade de ler uma coluna do site UOL, informando que a nossa maravilhosa área de inteligência, a ABIN – Agência Brasileira de Inteligência – está querendo implantar uma nova tecnologia de Criptografia. Achei fantástico blindar os e-mail e a telefonia contra a espionagem internacional. Temos que nos proteger mas isto de fato é pura ilusão: sabemos que todos nossos dados são passados pela rede mundial de computadores (internet), que as empresas de internet, como Facebook, Google, Microsoft entre outras contribuem com entrega de dados que deveriam ser sigilosos para os americanos e que a tecnologia fora do brasil  é mais avançada, sempre alguns passo a nossa frente.

Segurança: o Obama está de olho
“O Obama está de olho…”

Segurança digital no Brasil, mudará alguma coisa?

Resumindo o assunto, o Brasil nunca esteve preparado para combater ou prevenir um ataque cibernético. É lindo falar sobre segurança da informação mas na prática não é bem assim, não preciso ir muito longe, basta olharmos o sistema que  nosso poder publico fornece a população. Tenho a oportunidade de ver como funciona alguns sistemas, como do poder judiciário, onde temos lentidão, erro de pagina, limitações de arquivos, erros primários em sistemas de envio de arquivo, entre outros, mas não podemos apenas colocar a culpa no Governo (ou podemos), empresas de telecomunicações, não fornecem um serviços de qualidade e o órgão que deveria Fiscalizar isso, apenas faz barulho e depois some. Sim, estou falando da Anatel mas esta agência fica para um próximo artigo.

Novamente, só podemos pensar em segurança da informação se primeiro colocarmos nossa casa em ordem e valorizar alguns dos nossos profissionais de TI. Sou a favor de convocar alguns hackers para auxiliar na defesa da nossa pátria ou será que a ABIN tem medo deles e  preferem prender e processar, do que pedir ajuda?

Acho que devemos novamente rever nosso modo de pensar em tecnologia a favor de nossa nação.

Agência Brasileira de Inteligência – Site Oficial