Mais sobre a Campus Party Brasil 6ª edição

A CPBR6, tem como objetivo abrir novas visões sobre o mundo digital, não apenas no campo da tecnologia mas também no campo politico e na evolução dos seres humanos. Lembramos que este evento tem um grande homenageado: Aaron Swartz. Programador e ativista, ele foi um dos criadores do RSS e acusado pelo governo dos Estados Unidos de divulgar na internet dados sobre avanços da medicina e outros estudos. Aaron cometeu suicídio aos 26 anos de idade e a equipe da Campus resolveu homenagear este grande gênio e contribuidor no mundo do digital.

Temas como Impressão Digital, Realidade Aumentada, Segurança de IPV6 e Software Livre são apenas uns dos atrativos, fazendo com que eu pense com mais carinho em que mundo quero viver. Teve uma frase que escutei de um dos palestrantes, Salim Ismail, que é mais ou menos assim “Precisamos de gente loucas para consertar o mundo. E realmente somos loucos, por passar uma semana trancados e conversando debatendo e procurando melhorar nosso mundo.

Outro tema que achei importando foi sobre o Marco Civil da Internet, onde tramita em Brasília a adoção de lei sobre o uso da internet. Este evento foi marcado por protestos sobre liberdade na internet e acesso a rede aos menos favorecidos.

Assim, meu caro leitor, quero que pense como você pode contribuir para a evolução da tecnologia e como podemos diminuir a desigualdade social e o mais importante, se vocês são realmente loucos para conseguir consertar o mundo.

Aaron Swartz

Aaron H. Swartz – (26 anos)
8 de novembro de 1986 (Chicago)
11 de janeiro de 2013 (Nova Iorque)