Luke Skywalker: O Retorno de Jedi

Luke Skywalker cresceu na fazenda de umidificação de seus tios no remoto planeta Tatooine e desde muito jovem sentiu o chamado da aventura. Suas habilidades como piloto já eram conhecidas entre os habitantes de Anchorhead por suas corridas com seu T-16 pelo perigoso cânion de Beggar. Seus tios, temerosos do poder latente nele, tentavam retê-lo na fazenda e lhe ocultavam sua origem, dizendo-lhe que seu pai era um piloto de cargueiro que morreu antes de ele nascer. Assim, estação após estação, Luke via seus melhores amigos (entre eles Biggs Darklighter) deixarem o planeta para se alistar na academia de voo, enquanto ele não tinha outra escolha senão ficar para ajudar seus tios.

Quando Owen Lars comprou dos Jawas um par de dróides, R2-D2 e C-3PO, para trabalhar na fazenda, não imaginou a descontrolada onde de acontecimentos que se sucederiam: a fuga de R2 e a mensagem da princesa Leia a se encontrar com Ben Kenobi, que afinal era Obi-Wan, antigo cavaleiro Jedi. Graças a ele, Luke descobriu que seu pai foi um dos maiores Jedis da história, Anakin Skywalker, herói das Guerras Clônicas e antigo discípulo de Obi-Wan Kenobi.

Luke Skywalker descobrindo a Força

Embora em princípio Luke tenha rejeitado a oferta de Obi-Wan de seguir o destino de seu pai aprendendo os caminhos da Força, uma tragédia mudou radicalmente a situação. As tropas imperiais haviam seguido a pista dos robôs, mataram seus tios e devastaram a fazenda de umidificação. Luke Skywalker decidiu então unir-se a Obi-Wan no resgate da princesa Leia.

Depois de contratar Han Solo e seu co-piloto wookie Chewbacca para que os transportassem a Alderaan, sua nave foi capturada pela Estrela da Morte, a arma mais mortífera do Império. Depois de resgatar a princesa Leia com a ajuda de Han Solo, o sacrifício de Obi-Wan em seu confronto com Darth Vader permitiu-lhes fugir com as informações necessárias para destruir a letal estação espacial. Luke demonstrou sua grande habilidade como piloto na batalha posterior, quando em um caça X-Wing e guiado pela Força, lançou no duto do reator os torpedos de prótons que destruíram a Estrela da Morte.

Não passou muito tempo e, por indicação de uma visão de Obi-Wan Kenobi, Luke dirigiu-se a Dagobah para desenvolver suas habilidades na Força com a ajuda de Yoda. Luke aprendeu tudo o que era necessário, mas não acabou seu treinamenot, pois saiu para resgatar seus amigos, que havia visto sofrer quando teve uma visão premonitória.

Na Cidade das Nuvens de Bespin, Luke Skywalker caiu na armadilha montada por Darth Vader e o Imperador para atraí-lo para o Lado Negro. Depois de um duro combate que lhe custou a mão direita, Luke se viu encurralado por Vader que, segundo o relato de Kenobi, havia assassinado seu pai e grande parte dos cavaleiros Jedi. Nesse momento, veio a grande revelação pela voz rouca do obscuro Lord Sith: “Eu sou seu pai“. Assim, a verdade foi revelada: seu pai, Anakin Skywalker, foi seduzido pelo Lado Negro da Força, e se tornou Darth Vader.

Salvo por Leia de uma morte certa, Luke achou que precisava se encontrar de novo cara a cara com Darth Vader. Tinha que tentar redimi-lo, já que sentia algo bom dentro dele. Sua oportunidade chegou quando a frota rebelde preparou o ataque definitivo contra o Império. Enfrentando o tentador Lado Negro, conseguiu redimir seu pai, que antes de morrer decidiu salvar o filho do implacável ataque do Imperador, restaurando assim o equilíbrio da Força na Galáxia.

O senhor falhou Excelência. Sou um Jedi. Como meu pai antes de mim” – Luke Skywalker

Luke Skywalker em treinamento com Yoda, no planeta Dagobah
Luke Skywalker em treinamento com Yoda, no planeta Dagobah

Star Wars, Official Site – http://starwars.com/