Desenvolvimento Ágil com Kanban

Hoje vou falar um pouco sobre o Kanban e sua aplicação dentro da área de Desenvolvimento ágil, citando assim seu pontos positivos e negativos. 
Espero que gostem do tema e antes começar a abordá-lo, um vídeo animado pra vocês.

Kanbam é um conceito de aplicação visual dos processos em suas fases criado por japoneses na área da indústria. O objetivo principal do Kanban é mostrar visualmente onde se encontram os gargalos de tarefas complexas e priorizar a data de entrega do pedido do cliente, obtendo assim uma margem de erro menor e tendo características em “puxar tarefa”, onde há maior capacidade  de processamento de informações em “empurrar tarefa”, onde visa à demanda solicitada pelo cliente.

A implantação do Kanban é baseada em três aspectos:

    • Visualizar os processos.
    • Limitar o trabalho em processo (WIP – Work in progress).
    • Gerenciamento de atividade para passar por todas as fases até a sua entrega.

O Kanban é aplicado em uma área de visão das tarefas dentro do desenvolvimento tendo em vista os três aspectos citados. Dentro do desenvolvimento é um painel com fases (backlog, análise, desenvolvimento, teste e entrega), onde a equipe seleciona os backlog’s mais complexos, pode ser representando por um painel ou software onde aplicamos as fases e grau de complexidade, bug de código, inclusão de nova função ou alteração de função dentro do sistema.

O intuito não é não executar tarefas todas de uma vez, lembrando que o conceito do Kanban é tirar do gargalo a codificação de alta complexidade indo até as mais simples, lembrando que podemos entregar pedaços de software para o cliente e controlando assim as entregas em pedaços.

Em que situação o tema é útil?
Nos últimos anos o conceito de metodologia ágil vem movimentando o mundo de desenvolvimento de software. Metodologias mais populares como Scrum e XP, criadas nas fabricas de software, vem ganhando cada dia mais espaço nas empresas de tecnologia. Essas ferramentas surgiram com a proposta de melhorar e agilizar os processos envolvidos no desenvolvimento de software, porém no mundo real fica claro que os processos ainda não estão “perfeitos”. Mas o que fazer então, sendo que essas ferramentas estão, teoricamente, maduras e eficientes no que se propõe? Como identificar onde estão os “gargalos” que fazem as equipes falharem nos seus sprints? Podemos dizer com que o Kanban pode ajudar a identificar essas falhas e solucioná-las.

 (MARIOTTI ,Flavio S., p. 06)

Pontos positivos dentro do Kanban é a visualização dos processos em backlog, análise do caso, desenvolvimento, teste e entrega. O scrum master ou a pessoa que está na liderança tem uma perspectiva sobre como o processo anda e se há algum gargalo de desenvolvimento em alguma fase. Quando há alguma dificuldade em alguma fase, a equipe pode sentar e ver os pontos até encontrarem a solução para a próxima fase.

Pontos negativos estão nos gargalos e atraso nas etapas da fase, se as pessoas não conseguem entrar no contexto do Kanban, se o product owner, scrum master ou a equipe que está envolvida não se adaptam aos processos ou quebrem as fases, perdendo assim os três aspectos do Kanban.

Visto que o Kanban funciona em linha de produção para algumas indústrias e fábricas, querendo sempre à qualidade, tempo hábil para produção e entrega, colocando isto para área de Desenvolvimento, necessitamos de um esforço maior de concentração e ambição da equipe de colocar em prática qualquer metodologia junto ao Kanban para gerenciar os processos. Analisando o contexto no geral do Kanban, podemos aplicar em outros setores da empresa, visando sempre o gerenciamento do processo do serviço.

Bibliografia
MARIOTTI, Flavio S. Especialista em Engenharia e Arquitetura de Software. Pós Graduado pelo Instituto de Pesquisa Avançada de Tecnologia IBTA em Engenharia de Software baseadoem SOA. Bacharel em Sistemas de Informação pela UNIUBE e técnico em Processamento de Dados pela FEB. Consultor independente no desenvolvimento de softwareem arquitetura OO, SOA, GIS e Plataforma .NET.
Disponível em: http://www.garcia.pro.br/EngenhariadeSW/artigosMA/A6%20-%2045-6-%20Kanbam.pdf

NICOLAY, Marcel, 16/jun/2012.
Disponível em:  http://www.slideshare.net/marcelnicolay/kanban-8331325

Miguel F,
Vídeo sobre Kanban http://www.youtube.com/watch?v=LJOiFRsp0Z8&feature=related

  • Mariana

    Parabéns, por mais um artigo bem elaborado.

  • Junior

    Muito bom, Gostei